Postagens

O mercado de tecnologia se reinventa, sempre

Imagem
O mercado ligado à tecnologia sempre tem uma capacidade de invenção mais ágil do que em outros setores. Hoje encontrei este totem no Shopping Eldorado, de São Paulo. Carregadores de celulares já existem, especialmente em aeroportos. O usuário conecta seu celular no terminal apropriado e fica de olho enquanto ele é carregado. Para que não seja carregado em outro sentico.

Este totem dá um passo a mais. O usuário coloca seu smartphone para carregar e o tranca num desses compartimentos. E leva a chave. Anda pelo shopping, faz o que precisa. Quando volta, o celular está carregado. Leva o aparelho e deixa a chave pendurada para o próximo cliente. O serviço é gratuido.

20 anos de história da tecnologia. Em super oferta por poucos dias. Amazon Brasil - http://goo.gl/MzssB8 Amazon.com - https://goo.gl/lvhJzE

Alma Digital em super oferta por tempo limitado

Imagem
A Amazon colocou Alma Digital em oferta por tempo limitado. São 20 anos de história da tecnologia, crônicas, reflexões, e algumas profecias. Para comprar Alma Digital na Amazon Brasil clique aqui. Para comprar na Amazon.com, clique aqui. A oferta dura poucos dias.

O que falta para o Spotify?

Imagem
Outro dia no fundo do armário encontrei meu velho CD Player. Eu tinha me esquecido que ele existia! Peguei um CD, toquei, achei divertido meu gesto de nostalgia. Em seguida o player voltou para o armário.

Estou na onda do streaming há muito tempo. Passei por vários serviços e hoje sou cliente fiel do Spotify. Tenho playlists gigantescas, ouço novidades e sugestões por lá, mergulho nas minhas lembranças. É minha "loja" de música. Estou muito feliz com o serviço.

Mas não totalmente satisfeito, claro! Algumas mudanças poderiam melhorar a experiência.

1) Eu fui usuário e fã do Rdio, um serviço de streaming pioneiro que acabou falindo. Uma das melhores coisas do Rdio era seu miniplayer. Você deixava sua playlist rodando e o miniplayer podia ficar num cantinho do monitor,com os comandos mais básicos e a informação do que estava sendo tocado. O Spotify só se apresenta no computador com aquela interface gigante, pouco prática quando você quer saber o que está sendo tocado ou dar uma pa…

Aventuras no reino dos Podcasts

Imagem
Eu sou um ouvinte meio recente de podcasts. E tenho gostado cada vez mais da experiência. É mais ou menos como um rádio, mas que você pode ouvir quando quiser. Se está numa rede de internet, pode ouvir a gravação direto. Se está off line, pode ouvir os episódios que você deu download.

Uma das vantagens do podcast é que eles podem ser muito específicos, e falar exatamente do assunto que você se interessa. Alguns podcasts tocam música também. Eu uso o player Podbean tanto no computador como no celular (eu tenho um Android). Ele é gratuito e tem muitas opções de podcasts. Você assina um (gratuitamente) e de tempo em tempo eles lançam novas produções. Esses são alguns podcasts que eu sigo:

The Economist / Full Edition - É isso mesmo: a edição integral da revista The Economist. Claro que eu nunca consegui ouvir uma edição inteira: são mais de 8 horas de áudio! Mas, dado o preço da revista, é muito conveniente sair na rua com locutores britânicos lendo a venerável Economist para você.

Maltin o…

BBC: a Máquina de Antikythera, o mais antigo computador da História?

Imagem
No início do século 20, catadores de esponjas encontraram na ilha grega de Antikythera (ou Anticítera) um barco romano com preciosas obras de arte, especialmente esculturas de cobre e mármore.

Mas o objeto mais fascinante daquele barco era, segundo uma matéria da BBC, "um instrumento de bronze corroído, do tamanho de um laptop moderno, feito há 2 mil anos, na Grécia antiga. É conhecido como máquina (ou mecanismo) de Anticítera". Segundo o físico Yanis Bitzakis, "alguém, em algum lugar da Grécia antiga, fez um computador mecânico". 
A partir de 1950, os 82 fragmentos encontrados da "máquina de Antikythera" começaram a ser estudadas  fundo. O mecanismo era composto por 27 rodas de engrenagem. Eles poderiam, segundo esse estudo, calcular os meses lunares e os movimentos da lua ao redor da terra além de eclipses e as datas de quatro festivais da Grécia antiga, incluindo as Olimpíadas. 
Quem teria produzido esse primeiro computador da História? Existe um suspeito…

Japão lança primeiro hotel servido por robôs

Imagem
90% do pessoal que trabalha no hotel Henn-na, próximo a Nagasaki (Japão) é constituído de robôs. O hotel em si é simples e funcional. A diferença está nos funcionários. Na recepção você é recebido por uma atendente de sorriso congelado. Alguns ajudantes possuem a forma de um réptil pré-histórico cheio de dentes.

Parece sinistro. Mas é uma experiência para ser acompanhada. O Henn-na usa robôs para carregar as bagagens e entregar os pedidos de room service. Há um "cybermordomo" em cada quarto para ouvir e providenciar as necessidades dos hóspedes, em japonês e inglês. A porta de cada apartamento se abre por reconhecimento facial.

Para conhecer mais detalhes - e fazer reservas - clique aqui no site oficial do Henn-na.



20 anos de história da tecnologia. Amazon Brasil - http://goo.gl/MzssB8 Amazon.com - https://goo.gl/lvhJzE

Escrevendo um livro no celular

Imagem
Eu já escrevi livros em máquinas de escrever, desktops e notebooks. Agora estou escrevendo meu primeiro livro no celular.

Não é para todo mundo. Você precisa estar adaptado à telinha. Eu estou. Depois que meu iPad ficou velhinho, eu passei a ler praticamente tudo no celular - livros, jornais, revistas. De ler a escrever o passo é menor.

Meu livro está sendo escrito num Google Docs. Não se pode esperar muito de um processador de texto num celular. Então quanto mais simples, melhor. O Microsoft Word exige demais. O Google Docs cumpre a função muito bem no cellphone. (Mas na hora da edição final, o meu livro vai para o Word do desktop, claro).

Outra coisa: este livro específico é uma ficção. Se exigisse pesquisas, referências e links seria difícil de ser resolvido num celular. Como é um livro de pura imaginação, o fluxo de ideias fica bem mais simples. E tem mais uma vantagem: o celular oferece sugestões de palavras, e eu tenho me dado muito bem com elas. Se escrevo "gelad", basta…